Aprex Webmail e U ) *
Joinville - Segunda-feira, 17 de Junho de 2019 - Santa Catarina


Newsletter
Para receber a Newsletter da Vidaverde, preencha o formulário abaixo.
Nome:
Profissão:
E-mail:
Desejo receber
newsletter
Desejo cancelar
recebimento das
newsletters

Lançada cartilha sobre rio do Braço em Joinville
06/06/2006 - Joinville - A Universidade da Região de Joinville (Univille) lançou, ontem à noite, uma cartilha ecológica. A publicação é um dos resultados do Educação e Gestão Ambiental Comunitária (Educa), programa da instituição que começou há três anos com o objetivo de buscar subsídios para revitalização do rio do Braço.


Para isso, cerca de 20 pessoas, entre professores, mestrandos e alunos de graduação em engenharia ambiental, biologia marinha e direito da universidade, fizeram uma ampla pesquisa em 300 residências para conhecer a realidade dos moradores das proximidades do rio do Braço. "Procuramos pessoas que moram na localidade há mais de 50 anos. Encontramos 14. E, a partir daí, realizamos entrevistas para descobrir as histórias de vida ligadas ao rio", relata a coordenadora do projeto, professora Nelma Baldin. Atividades pedagógicas de desenho, pintura e teatro também foram realizadas no Educa. A metodologia utilizada para montagem da cartilha é inédita, segundo a coordenadora. "A partir de todos os depoimentos, desenvolvemos a cartilha. A história é real, mas os personagens são fictícios", observa Nelma.


Com o título "Nosso Futuro - Compromisso do Presente", as crianças vão poder conhecer a história real do rio do Braço, que um dia foi limpo e caudaloso e hoje está poluído. Ilustrações e fotografias de hoje e da década de 40 demonstram a ação do homem com relação ao meio ambiente. Aterramentos, inundações e construções de fábricas foram alguns dos fatores que refletiram diretamente na poluição do rio.

Nelma lembra que o projeto recebeu grande destaque no Congresso Ibero-americano de Educação Ambiental, que ocorreu em Joinville no mês de abril. "Nesta pesquisa, ainda descobrimos uma nascente bem no centro de Pirabeiraba, que ainda não está poluída. Essa pode ser a solução para revitalização do rio", comemora a coordenadora.
As cartilhas serão distribuídas primeiro para as crianças que moram em Pirabeiraba. Depois, as secretarias municipal e estadual de Educação devem enviar para todas as escolas de Santa Catarina.

Data: 6/6/2006


Fonte: A Notícia