Aprex Webmail e U ) *
Joinville - Terça-feira, 18 de Junho de 2019 - Santa Catarina


Newsletter
Para receber a Newsletter da Vidaverde, preencha o formulário abaixo.
Nome:
Profissão:
E-mail:
Desejo receber
newsletter
Desejo cancelar
recebimento das
newsletters

Casa desperta consciência ecológica

Estrutura mostra alternativas para a utilização de materiais recicláveis
03/06/2006 - Uma casa com divisórias feitas de tubos de pasta de dente, cadeiras produzidas com garrafas PET, cortinas de tampinhas de refrigerante e enfeites de plástico. Até mesmo o tapete e as persianas são feitas a partir de material reciclado. É assim a Casa Consciente, construída pelos alunos do 1º e 2º anos do ensino médio do Colégio Energia em parceria com a Associação Ecológica Vida Verde. A residência ecologicamente correta ficou em exposição no Shopping Mueller e deve reabrir suas portas em data ainda não definida. O objetivo do projeto é mostrar alternativas para materiais recicláveis.
As pessoas que passaram pelo local foram orientadas a evitar banhos prolongados, fechar a torneira enquanto escovam os dentes, optar por eletrodomésticos que tenham o selo Procel (garantia de que o produto econcomiza energia) e a construir cisternas para o aproveitamento da água da chuva
No final da mostra, estudantes como Morgana Zitter, 15 anos, mostraram como acontece o desperdício de energia elétrica dentro de uma residência. A maquete exemplifica como o consumo aumenta com as lâmpadas acesas e os eletrodomésticos ligados.
"É bom aprender e depois repassar para outras pessoas. Metade do que vi no projeto também não tinha conhecimento", disse o estudante Gabriel Bogo, após mais uma explicação para o público sobre o projeto. O aluno afirma que o conhecimento já reflete nas atitudes. "Hoje, me preocupo em jogar no lugar certo. É a minha parte", disse.
Segundo a diretora social da ONG Vida Verde, Iara dos Santos Evangelista, o projeto objetiva ensinar a consumir sem desperdiçar. "Queremos que os recursos estejam disponíveis para novas gerações", explicou.


Fonte: AN Cidade